Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

A hora do Terceiro Setor

Publicado: Sexta, 09 de Agosto de 2019, 17h18 | Última atualização em Segunda, 12 de Agosto de 2019, 15h25 | Acessos: 482

Incubadora garante capacitação para empreendedores sociais

O Lar Acolhedor Tia Socorro, em Mosqueiro, é uma das entidades já atendidas pela incubadora. O local atende a crianças e a adolescentes em situação de vulnerabilidade social
imagem sem descrição.

Por Nicole França Foto Acervo do Projeto

Grande parte dos projetos sociais nasce com o propósito de mudar a realidade de uma determinada causa ou comunidade, sendo uma importante ferramenta para melhorar a qualidade de vida da população mais vulnerável. Reconhecendo a importância dos projetos sociais, os professores Bruno Rafael Dias de Lucena e Fíbia Guimarães desenvolveram o Projeto de Extensão Incubadora de Projetos Sociais da Universidade Federal do Pará.

O projeto de extensão, vinculado à Faculdade de Administração (FAAD) do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), tem como objetivo apoiar entidades sem fins lucrativos, empreendedores sociais e comunidades organizadas que realizam projetos sociais. Dessa forma, a incubadora atua, principalmente, na orientação e na adequação desses projetos, para que eles se tornem capazes de captar recursos pelos editais abertos por instituições públicas e privadas.

“Nós buscamos ajudar esse segmento para que ele possa crescer e ter vida própria, para que os projetos sociais possam ser autogerenciados, tenham capacidade de captar recursos e realizar uma execução financeira adequada. Desse modo, a incubadora funciona como um espaço de formação profissional e de capacitação das entidades”, explica Fíbia Guimarães. De acordo com a professora, essa é a maneira de empoderar o Terceiro Setor.

Segundo o professor Bruno de Lucena, atualmente o projeto conta com uma bolsista e quatro voluntários para a realização das atividades da incubadora. “Todos possuem as funções de divulgar os editais abertos na página da incubadora no Facebook, organizar os nossos eventos, procurar parcerias e atender às entidades que nos procuram. Além disso, nós temos um plano de capacitação que realiza oficinas, como a de Aspectos Contábeis para o Terceiro Setor, que já está na sua terceira edição. Para 2019, ainda estão previstas oito oficinas e quatro ciclos de palestras”, afirma Bruno.

Entidades recebem atendimento individualizado

“As entidades entram em contato e, dependendo da demanda, ocorre o agendamento. O nosso foco principal é a elaboração de projetos para editais de financiamento, mas nós também orientamos o planejamento estratégico, a formalização e a elaboração de custos e orçamentos, caso a organização necessite desse tipo de auxílio”, declara o professor Bruno de Lucena.

A Incubadora de Projetos Sociais iniciou suas atividades em setembro de 2018 e, nesse mesmo ano, foram aprovados dois projetos para a captação de recursos no valor de R$ 30.000,00 para cada entidade. Entre as entidades que participam do projeto de extensão estão: Coletivo Casa Preta, Instituto Tupinambá, Grupo de Amigos da Marambaia, Associação dos Renais Crônicos e Transplantados do Pará, Iniciativa Ame o Tucunduba e Lar Acolhedor Tia Socorro.

Tia Socorro – O Lar Acolhedor Tia Socorro acolhe crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social (violência sexual, violência doméstica e abandono familiar), assim como pessoas com deficiência. “Nós tivemos a primeira experiência com edital no ano passado, e o auxílio da incubadora foi fundamental. O projeto era muito sofisticado e complexo, e nós não tínhamos a capacitação necessária. Essa experiência serviu como base para participarmos de outros editais”, declara Renata do Nascimento, voluntária na entidade.

Para Renata, projetos como a Incubadora de Projetos Sociais possuem grande importância. “As instituições do Terceiro Setor precisam muito do apoio, da capacitação e da orientação. Então, eu digo para todo mundo: quem puder vir buscar as informações necessárias para captar recursos e fazer a sua instituição crescer junto com a sua comunidade, venha! Eu indico, porque já passei por essa experiência”, reforça.

O Lar Acolhedor Tia Socorro pretende reforçar a parceria com a incubadora. “Nós vamos seguir, melhorando a nossa instituição e as outras que estão no nosso entorno. Este ano, vamos tentar o edital do Criança Esperança, novamente com o auxílio da incubadora, porque essa parceria nós vamos levar por muito tempo”, completa Renata do Nascimento.

Serviço: O Projeto Incubadora de Projetos Sociais funciona no Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da UFPA. Contatos: (91) 3201-7228 /
incubadorasocial.ufpa@gmail.com ou na página do projeto no Facebook.

Ed.150 - Agosto e Setembro de 2019

----------

Projeto de Extensão Incubadora de Projetos Sociais da Universidade Federal do Pará

Coordenação: Bruno Rafael Dias de Lucena e Fíbia Guimarães

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página