Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

Portuguese English Spanish

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página
Oito horas, sete dias e mais de 50 km

Essa é a jornada dos motoentregadores em Belém

História na Charge edição 163

Destaques da edição 163 - Jun/Jul/Ago de 2022

#ParaTodosLerem: Fotografia mostra vista aérea do campus da Universidade Federal do Pará, no bairro Guamá, em Belém. Em primeiro plano, é possível ver a margem do rio Guamá, o Restaurante Universitário, a Capela, o Mirante do Rio, a Reitoria e o Vadião. Ao fundo, uma visão panorâmica do bairro e de Belém.

Edição 163 - Junho, Julho e Agosto de 2022

#ParaTodosLerem: Fotografia mostra uma casa de madeira, em estilo americano, nas cores branca e verde. Ao redor, jardim com diversas espécies de plantas e flores.

Tombamento não é consenso entre moradores das Vilas Ford no Pará

Estudo testa espécie como biomonitor da qualidade da água

#ParaTodosLerem: Ilustração representa uma sala de aula. Em primeiro plano, entre carteiras vazias, dois estudantes são destacados. Eles estão sentados e escrevem em uma folha de papel enquanto são observados pela figura de uma professora sentada ao fundo, por detrás de uma mesa em que estão apoiados livros.

Jovens apontam múltiplos fatores para a permanência escolar

#ParaTodosLerem: Fotografia mostra pista inundada e trânsito desordenado. Em primeiro plano, veem-se três veículos enfileirados – um caminhão e dois automóveis de passeio - enfrentando o alagamento. Ao centro, tem-se a figura de um ciclista em posição perpendicular aos carros do primeiro plano. Ele veste blusa listrada e bermuda cinza. A água atinge as rodas da bicicleta até a altura da metade delas. Ao fundo, vê-se o fluxo de outros veículos enfrentando o alagamento e o horizonte completamente nublado.

As razões por trás dos pontos de inundação em Belém

#ParaTodosLerem: A fotografia mostra a apresentação de um cordão junino. No primeiro plano, no centro da imagem, uma mulher sorrindo, com os braços abertos, olha em nossa direção. Ela está descalça, veste um traje de pássaro na cor vermelha, com detalhes dourados, e usa um acessório vermelho na cabeça. No segundo plano, pessoas usam figurino de outros personagens do espetáculo.

Dissertação analisa impactos dos cordões juninos em Abaetetuba

#ParaTodosLerem: Fotografia de duas pessoas negociando produtos agrícolas. Em primeiro plano, um homem de cabelos grisalhos, com camisa de listras e estampas nas cores rosa, branca e preta, entrega uma nota de dinheiro a uma mulher de unhas pintadas com esmalte vermelho. Ela veste roupa preta e colete verde. Apenas o seu tronco está enquadrado na imagem. A foto mostra ainda maços de cheiro-verde e couve expostos.

A feira, o campo e as lógicas familiares de produção

#ParaTodosLerem: Fotografia mostra um homem pardo, de barba e cabelos curtos. Ele veste calça e blazer de cor clara e uma camisa estampada. No fundo, uma parede de madeira decorada com barcos de miriti e fragmentos de grades de ferro. O ambiente também é decorado com plantas e almofadas vermelhas.

Para Aldrin Figueiredo, havia ideias de modernidade por todo o Brasil

#ParaTodosLerem: Ilustração em 3D contendo a capa do livro “Águas Negras”. A capa contém uma pintura com diversas árvores. Na parte inferior direita, há o título Águas Negras e, logo abaixo, o subtítulo Estudos afro-luso-amazônicos no Oitocentos e os nomes dos autores, Aldrin Moura de Figueiredo, Maria de Nazaré Sarges e Daniel Barroso. Ao lado dos nomes dos autores, o brasão da UFPA.

Obra discute racismo, escravidão e viajantes no Oitocentos

Edição Eletrônica

Fim do conteúdo da página